Escolha um veículo

Dia-a-Dia Duvel

Fique por dentro sobre tudo que acontece na Duvel: notícias, promoções ações e muito mais.

  • Home
  • Dia-a-Dia Duvel

Ford vence o prêmio “Top Of Mind Rural 2017” de caminhões leves

publicado em 21/08/2017

A Ford venceu o prêmio “Top of Mind Rural 2017” na categoria Caminhões Leves, como a marca mais lembrada pelos consumidores do agronegócio. Esta é a 20ª edição da pesquisa feita anualmente pela revista Rural, uma das principais publicações da área, para conferir a força das marcas junto ao público profissional desse setor, que é um dos mais importantes da economia nacional.

Com forte tradição nesse segmento, a Ford oferece hoje três modelos de caminhões leves: o Cargo 816, o Cargo 1119 e o F-4000, cobrindo diferentes tipos de aplicação na atividade rural, desde o transporte de insumos e equipamentos até a entrega do produto final nos centros de distribuição.

“É uma grande satisfação receber este prêmio, um reconhecimento da confiança e qualidade dos caminhões Ford por parte dos produtores rurais, que os utilizam como ferramenta do dia a dia no seu negócio nesse segmento altamente disputado”, diz Guilherme Teles, gerente de Marketing da Ford Caminhões. 

Versatilidade e economia

O Cargo 816 tem peso bruto total de 8.250 kg e motor de 162 cv, com três opções de distância entre-eixos para atender diferentes aplicações. O Cargo 1119, com motor de 189 cv e peso bruto total de 10.510 kg, oferece a maior potência e capacidade de carga em sua faixa. Já o F-4000, com motor de 150 cv e peso bruto total de 6.800 kg, é um dos modelos com a maior frota circulante do Brasil e o único a oferecer uma versão 4x4 para serviço todo-terreno. Com cabine convencional, se destaca também pela versatilidade e conforto, sendo para muitos produtores rurais tanto o veículo de trabalho como de transporte familiar.

Outra vantagem dos caminhões Ford é a manutenção econômica, com assistência pós-venda em todo o Brasil na rede de distribuidores exclusivos. Nessa área, a marca tem realizado um trabalho contínuo para reduzir o preço das peças de reposição e aumentar a agilidade dos serviços, com foco na satisfação dos clientes. 

Fonte: Ford Media

Comentar 19 Visualização(ões)

Na Duvel tem condição!

publicado em 21/08/2017

Na Duvel tem condição! Preços especiais e condições imperdíveis para você levar seu Ford zero para casa. Ofertas válidas até 31/8.

Comentar 42 Visualização(ões)

Ford apresenta o EcoSport 2018 com novos motores

publicado em 14/08/2017

A Ford apresentou hoje (25 julho) o Novo EcoSport 2018 na região de Reserva do Paiva, próxima a Recife, no estado de Pernambuco. Com preço a partir de R$73.990, o utilitário esportivo da marca passou por uma transformação no visual, no nível de acabamento externo e interno e traz novas tecnologias de segurança, incluindo sete airbags e controle de estabilidade, sistema de conectividade compatível com Apple Car Play e Android Auto, além de novos motores que acentuam o prazer ao dirigir.

A empresa também anunciou uma promoção especial de financiamento com taxa de 0,99% e a primeira revisão grátis para os clientes que fizerem a reserva antecipada do SUV. Para proprietários atuais do EcoSport, além da primeira revisão grátis o financiamento é com juro zero. O Novo EcoSport chega em agosto ao mercado brasileiro nas versões SE, FreeStyle e Titanium, com transmissão manual ou automática conforme o modelo. 

A linha inclui a versão SE por R$73.990 com transmissão manual e R$78.990 com transmissão automática; versão FreeStyle manual por R$81.490 e automática por R$86.490, equipadas como o novo motor 1.5 Flex de três cilindros, o mais eficiente do segmento. Já a versão Titanium custa R$93.990, exclusivamente com motor 2.0 Direct Flex e transmissão automática.

“O Novo EcoSport foi criado para ser uma referência no segmento de utilitários esportivos tanto no nível de conteúdo como nos preços de aquisição, manutenção, peças e seguro”,  afirma Natan Vieira, vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviços da Ford. “Queremos manter o seu legado de sucesso, de inovação e de criação de tendência na geração de veículos. Mesmo com toda a evolução, a Ford estabeleceu uma estratégia vantajosa para o consumidor, praticamente sem aumento de preço em relação à linha anterior", ressalta o executivo.

Tecnologia

O Novo EcoSport traz a disponibilidade de diversas tecnologias embarcadas para a segurança e prazer de dirigir. Ele introduz um conjunto de equipamentos exclusivos, como controle de estabilidade com novo sistema anticapotamento, monitoramento de pressão dos pneus e grade frontal com controle ativo. Destaque também para os sete airbags e sistema multimídia SYNC 3 com tela capacitiva, todos itens de série.

A versão Titanium tem novo teto solar elétrico, faróis de xênon com luz diurna de LED e acendimento automático, alerta de ponto cego, acesso ao veículo sem chave com reconhecimento capacitivo, partida por botão, ar-condicionado automático digital, computador de bordo com tela de 4,2” no painel, câmera de ré, porta-malas com sistema inteligente de bagagem, sensor de chuva e som premium da Sony com nove alto-falantes.

Interior renovado

Em todas as versões, o interior é totalmente novo, com materiais e acabamento de padrão superior na categoria. Painel “soft touch”, bancos ergonômicos, volante multifuncional com trocas “Paddle Shift” nas versões automáticas, console central com descansa-braço e um total de 20 porta-objetos, incluindo porta-luvas climatizado, porta-óculos no teto e nichos para celular, contribuem para criar um ambiente de requinte e conforto.

O porta-malas possui grande flexibilidade. Tem um sistema de assoalho inteligente com três configurações que permite formar uma plataforma plana com o banco traseiro rebatido e ampliar o espaço de bagagem para 1.178 litros.

Prazer ao dirigir

Além de eficiência e conforto, o Novo EcoSport entrega muito prazer ao dirigir com seus dois novos motores, avançados e econômicos: o 1.5 TiVCT Flex de três cilindros, de 137 cv, e o Duratec 2.0 Direct Flex, de 176 cv, o mais potente da categoria. Conta também com nova transmissão automática de seis velocidades com conversor de torque, suave e precisa, com opção de trocas no volante (“Paddle Shift”).

Segurança e conectividade

O Novo EcoSport passa a ser referência em segurança ativa e passiva. Vem equipado de série, em toda a linha, com sete airbags, assistente de partida em rampa, monitoramento de pressão dos pneus e controle de estabilidade com sistema anticapotamento (RSC), exclusivo da Ford.

O sistema multimídia é o SYNC 3, de última geração, com tela capacitiva de 6,5” (versão SE) ou 8” (FreeStyle e Titanium), conectividade para Android Auto e Apple CarPlay e outros recursos avançados, como AppLink e Assistência de Emergência.

Versões e equipamentos

O Novo EcoSport 2018 oferece três versões: 1.5 SE e 1.5 FreeStyle, ambas com a opção de transmissão manual ou automática, e a 2.0 Titanium automática. A versão SE vem com sete airbags, controle de estabilidade e tração, multimídia SYNC 3 com tela de 6,5”, sensor de pressão dos pneus, sensor de estacionamento traseiro e rodas de liga leve de 15”.

A versão FreeStyle adiciona SYNC 3 com tela de 8”, câmera de ré, ar-condicionado automático e digital, faróis com luzes diurnas de LED, tela multifuncional de 4,2”, bancos revestidos em tecido e couro e rodas de liga leve de 16”.

A versão Titanium traz ainda teto solar elétrico, sensor de ponto cego com alerta de tráfego cruzado, acesso inteligente capacitivo, sistema de partida sem chave, faróis de xênon, Sony Premium com 9 alto-falantes, bancos de couro e rodas de liga leve de 17”.

Projeto global

O programa do Novo EcoSport é um dos maiores já realizados pela Ford e foi liderado pelo Brasil, junto com outros centros de engenharia na América do Norte, Europa e Ásia. “Cerca de 700 engenheiros trabalharam no projeto de 2014 a 2017”, destaca Rogelio Golfarb, vice-presidente da Ford América do Sul. “O Novo EcoSport é um veículo que traduz a inovação e excelência de engenharia para oferecer ao mundo o que há de melhor em tecnologia, conteúdo e preço nesse segmento.”

A apresentação da linha em Pernambuco teve como mestres de cerimônia os atores Cléo Pires e Luigi Baricelli e a cantora Luiza Possi.

Publicado originalmente em: Ford Media

Comentar 138 Visualização(ões)

Conheça o novo Quick Lane Auto Centro e Pneus

publicado em 10/08/2017

Na última terça-feira (8), a Duvel recebeu a Certificação da Concessionária Ford aos padrões mundiais da Ford Motors. E já está em funcionamento o Quick Lane Auto Centro e Pneus, nova aposta da montadora na busca pela excelência máxima em prestação de serviços.

Parabéns a toda equipe Ford Duvel por mais esta conquista! É com muito orgulho que recebemos esta certificação. 

Confira mais fotos em nossa página no Facebook.

Comentar 372 Visualização(ões)

Ford dá dicas de como praticar a carona solidária na volta às aulas

publicado em 07/08/2017

Para muitos pais, a volta às aulas é uma maratona! Pensando nisso, o gerente de Estratégia de Produto da Ford América do Sul e integrante do Comitê de Mobilidade da empresa, Luciano Driemeier, separou algumas dicas para formar grupos de carona solidária, prática cada vez mais útil e que ajuda a evitar congestionamentos, economizar nas despesas com o veículo, colaborar com o meio ambiente e otimizar o deslocamento de pessoas que fazem o mesmo trajeto ou roteiro similar.

De acordo com o executivo, a ford incentiva esse comportamento solidário. “Ele é benéfico para a sociedade e para o indivíduo, além de poder ser colocado em prática facilmente. na melhoria da mobilidade pequenas ações podem ter um grande impacto para o coletivo”.

As dicas são:

  • Primeiro, selecione interessados que vivem na mesma região e tenham crianças estudando na mesma escola ou em outras próximas.
  • Defina claramente a rota e locais de ponto de encontro para buscar e levar as crianças. Realize um sistema de rodízio entre os pais, que pode ser semanal.
  • Crie um grupo no celular para comunicação instantânea por meio de um aplicativo de mensagens, facilitando o contato direto entre os responsáveis.  Neste sentido, por exemplo, os carros da Ford possuem o sistema de conectividade SYNC, muito útil, porque operam por comando de voz e têm acesso aos recursos do celular, como telefone e navegador. Isso permite uma direção mais segura, com o motorista mantendo sempre as mãos no volante e os olhos na pista.
  • Certifique-se sobre a segurança dos ocupantes antes de iniciar o trajeto. Mesmo em distâncias curtas, é mandatório que todos estejam usando cinto de segurança, inclusive no banco traseiro – o que é exigido também para as crianças. Segundo resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), caso a criança tenha menos de 1,45 m de altura, é obrigatório o uso de cadeiras infantis, que podem variar de acordo com idade e peso. Os veículos da Ford vêm de fábrica com o sistema Isofix para a fixação destes equipamentos, considerado o mais seguro do mundo.
  • Nunca pare em fila dupla porque, além de prejudicar o tráfego de outros veículos, as estatísticas mostram que podem causar acidentes. É recomendado chegar à escola com alguma antecedência.
  • Reúna todas as crianças durante embarques e desembarques, facilitando a organização para maior segurança.
  • Mantenha os ocupantes entretidos, evitando agitação e “bagunça”.  Conforme a idade, alguns brinquedos ou jogos podem ajudar a passar o tempo, tornando o percurso uma experiência mais divertida e a chegada às aulas mais prazerosa.

Fonte: Ford Media

Comentar 122 Visualização(ões)

Ford comemora 100 anos de história no segmento de picapes

publicado em 02/08/2017
A Ford comemora 100 anos de liderança e inovação no segmento de picapes. A data é celebrada hoje (27 de julho) com uma história que começou com o lançamento do Ford TT em 1917 e continua com as atuais linhas Ranger e Série F, incluindo a F-150, picape mais vendida do mundo. Nascidada visão do fundador da empresa, Henry Ford, de criar um veículo comercial com chassi reforçado e espaço para carga na traseira, a primeira picape foi derivada do lendário Modelo T, que mudou a indústria automotiva e a própria natureza do trabalho.

Hoje, as picapes Ford estão entre os veículos mais emblemáticos da marca. A Série F é a picape mais vendida nos Estados Unidos há 40 anos consecutivos e o veículo mais vendido do mercado há 35 anos, com mais de 26 milhões de unidades. A Ranger está presente em centenas países, inclusive o Brasil onde tem longa tradição.

A história de picapes da Ford é marcada pelo desenvolvimento de contínuas inovações. Uma referência mundial em desempenho, segurança, eficiência, economia e conforto desses veículos, sempre ouvindo os consumidores que fazem uso das picapes para o trabalho, o dia a dia e o lazer em todo o mundo.

Nasce uma lenda

Nove anos depois do lançamento do primeiro Modelo T, os consumidores queriam um veículo com maior capacidade de carga para uso em serviço e entregas. Em 27 de julho de 1917, a Ford respondeu com o Modelo TT, com o mesmo motor e cabine do Modelo T, mas com um chassi mais pesado capaz de transportar uma tonelada de carga útil. Com preço de fábrica de US$600, vendeu 209 unidades naquele ano.

Como no trator Fordson (lançado para a agricultura em 1917), Henry Ford imaginou um chassi capaz de acomodar diferentes caçambas e implementos fornecidos por terceiros, aumentando a versatilidade para o trabalho. Foi uma fórmula de sucesso: a Ford vendeu 1,3 milhão de Modelos TT até 1928, quando ele foi substitído pelo Modelo AA com chassi de 1,5 tonelada.

Henry Ford vendia suas picapes principalmente em áreas rurais. "As picapes modelo AA, em particular, foram muito bem aceitas por esses clientes, que podiam usá-las tanto na fazenda como para ir à igreja no domingo", destaca Bob Kreipke, historiador da Ford.

Como o Modelo TT, o Modelo AA era oferecido apenas como chassi-cabine, em dois comprimentos, com motor e eixo de maior capacidade. O segmento se tornou altamente competitivo e a Ford substituiu o Modelo AA pelo Modelo BB em 1933, usado em aplicações como veículo de entrega, transporte de animais e ambulância. Dois anos depois, a Ford introduziu o Modelo 50, equipado com seu famoso motor V8 Flathead.

Em 1941, a Ford vendeu mais de 4 milhões de picapes. A mudança da produção devido à guerra reduziu as vendas para os consumidores, mas trouxe um ganho de experiência na construção de picapes militares pesadas e 4x4 para transporte de pessoal. Um ano depois da retomada da produção para os consumidores, em 1947, a Ford aproveitou esse conhecimento para oferecer mais inovações aos clientes.

"Após a guerra, muitos americanos das áreas rurais se mudaram para centros urbanos e suburbanos procurando trabalho, e muitos levaram suas picapes Ford com eles", diz Kreipke. "A Ford viu isso como uma oportunidade e começou a trabalhar numa nova geração de picapes em 1948, que ficou conhecida como Série F ‘Bonus Built’”.

Esta primeira geração da Séria F ia da F-1 de meia tonelada à picape F-8 muito maior. Com a chegada da Série F de segunda geração em 1953, a Ford aumentou a capacidade e potência do motor e renomeou a linha. A F-1 tornou-se F-100 e as picapes F-2 e F-3 foram integradas na nova F-250. F-4 tornou-se F-350. As picapes Classe 8 formaram uma nova unidade de picapes comerciais, que trouxe as famosas picapes Séries C, H, L, N, T e W da Ford.

Ao longo desse período, as picapes da Ford começaram a parecer menos utilitárias, com pintura em dois tons, transmissão automática e sistemas aprimorados de climatização e rádio. A F-100 1953 introduziu novos itens de série como apoios de braço, luzes de cabine e quebra-sol. Com cabine mais baixa e mais larga, a nova picape tinha para-choques dianteiros integrados e design mais aerodinâmico.

Em 1957, a Ford estreou uma picape baseada em automóvel – a Falcon Ranchero. Anunciado como “Mais que um carro! Mais que uma picape!”, ela trouxe confortos de carro para os consumidores.

Raça forte

Em 1961 – 44 anos após o Modelo TT – a Ford introduziu a quarta geração da Série F. Mais baixa e elegante, estreou a revolucionária suspensão dianteira “twin-I-beam” da marca. O pacote Ranger de luxo surgiu em 1967, enfatizando o conforto e durabilidade, com direção e freios hidráulicos e chassi de perfil menor. A versão com cabine estendida SuperCab introduzida em 1974 trazia bancos mais confortáveis ​​para uso profissional e familiar.

Com a chegada da Série F de sexta geração, em 1975, a Ford substituiu a popular F-100 pela F-150, com maior capacidade para combater as picapes C/K da General Motors. Em 1977, a Série F assumiu a liderança de vendas que, 26 milhões de picapes depois, a Ford não perdeu mais.

Mais que veículos de trabalho, as picapes estavam se tornando rapidamente veículos familiares universais, segundo Kreipke. Em vez de alugar uma picape para um serviço ou reboque, as pessoas agora possuíam esses veículos para trabalhar e viajar com a família no fim de semana. As picapes da Ford se adaptaram à mudança do estilo de vida americano, mais ativo.

Versões especiais, como o pacote Lariat introduzido em 1978, ofereciam mais recursos de conforto, como ar-condicionado, bancos de couro, travas e vidros elétricos. Em 1982, a Ford lançou a Ranger, uma picape média totalmente nova. Versátil e eficiente, a Ranger rapidamente criou reputação de veículo robusto e capaz, fazendo sucesso em diversos mercados ao redor do mundo, incluindo o Brasil. Agora, depois de um período de sete anos, a Ranger será relançada na América do Norte em 2019.

F-150 e Ranger 

Em 1998, a Ford lançou a Série F Super Duty, para serviço pesado. E expandiu a linha com novos pacotes de acabamento e tecnologia, como King Ranch, Platinum e Limited, trazendo bancos premium de couro, multimídia SYNC com navegação, teto solar, bancos aquecidos e maior capacidade de carga.

Os motores também evoluíram. A tecnologia de motor V6 EcoBoost estreou em 2011, com novo patamar de potência e economia. A F-150 2015 introduziu a carroceria de liga de alumínio de alta resistência, de nível militar, estendida depois às picapes Super Duty 2017.

A inovação continuou no segmento de picapes especiais, com as versões F-150 Harley-Davidson, SVT Lightning e Raptor – a primeira picape off-road de um grande fabricante inspirada nas corridas do deserto. A F-150 Raptor 2017 de segunda geração tem hoje motor V6 EcoBoost de mais de 450 cv, transmissão de 10 velocidades e um exclusivo sistema de gerenciamento de terreno, com diferencial e caixa de transferência e eletrônica.

Líder na Europa, a Ranger é uma referência em picapes médias. A sua presença na América do Sul é formada pelos modelos 2.2 e 3.2 Diesel e 2.5 Flex, com sete airbags, controles de estabilidade, tração e enticapotamento, sistema multimídia SYNC e outras tecnologias avançadas.

 

Fonte: Ford Media

Comentar 138 Visualização(ões)

Nova geração do Ford Focus vai carregar na esportividade

publicado em 14/07/2017

Competir hoje em dia com os SUVs não é fácil, em especial para modelos com faixa de preço similar. É pensando nisso que a Ford prepara uma estratégia diferenciada para a gama Focus, que vai privilegiar muito mais a esportividade para se destacar frente aos mais robustos e versáteis SUVs. O foco (com o perdão do trocadilho) no visual, aliás, é uma característica que tem “segurado” os hatches médios em mercados como o Europeu, apesar da participação cada vez menor de modelos como o Volkswagen Golf e o Ford Focus no Brasil.
 
Algumas imagens da próxima geração do Focus Sedan realizando alguns testes na Europa já foram flagradas e nos mostram traços bem mais arrojados em relação ao modelo atual. Infelizmente não podemos reproduzir as fotos, mas é possível notar que o capô mostra-se bem mais baixo do que o padrão adotado pelo Focus Sedan atual. Ainda na dianteira, a grade frontal deverá ser bem mais pronunciada, evocando agressividade.
 
Também podemos esperar na nova geração do Focus recursos como faróis com iluminação por LED e luzes diurnas baseadas no mesmo sistema. 
 
Como é característico em modelos de apelo esportivo, a linha de cintura deverá ser mais elevada, o que reduz ligeiramente a área envidraçada. Assim como nos sedãs mais recentes, o teto deverá ter uma caída mais pronunciada na parte traseira, conferindo um sensual ar de cupê para o perfil do modelo. Em sua próxima geração o Focus deverá crescer tanto no comprimento como na largura.
 
Com a estreia do novo Focus prevista para 2019 na Europa, o modelo já deverá estar sintonizado com as novas tendências em termos de propulsão, tanto que versões híbridas e elétricas podem ser dadas como certas. A gama de propulsores a combustão deverá conteplar blocos de 3 e 4 cilindros.
 
Atualmente o Ford Focus oferecido no Brasil é fabricado na Argentina e assim deverá ser quando a próxima geração estrear. Em uma iniciativa polêmica, a Ford produzirá o modelo também na China inclusive para abastecer o mercado dos EUA, o que certamente não deverá ser bem aceito por Trump e sua turma.

Fonte: Abradif

Comentar 399 Visualização(ões)

Recursos ajudam motorista em caso de cansaço e sonolência ao volante

publicado em 06/07/2017

Ter atenção ao volante é essencial para garantir a segurança no trânsito. Dirigir com sono ou cansado é muito perigoso e pode causar acidentes. Mas isso é mais comum do que imaginamos. Na Europa, por exemplo, pesquisas mostram que uma em cada três pessoas dormem menos do que deveriam. Isso pode acontecer, por exemplo, com casais que têm bebês ou filhos pequenos. Ao volante, a sonolência após uma noite mal dormida pode reduzir a concentração e deixar as reações mais lentas, comparáveis às de um motorista que ingeriu bebida alcoólica. O cansaço também é a causa de um em cada cinco acidentes naquele continente, onde uma em cada cinco pessoas admite já ter adormecido ao dirigir.

Para evitar esse tipo de risco, a Ford oferece um recurso que alerta o motorista se ele apresentar sinais de sonolência ou cansaço. É o sistema de alerta de fadiga (veja aqui). Disponível no Fusion e no Edge, ele monitora o comportamento do veículo para detectar se o condutor está distraído ou cochilando. Com o auxílio de câmeras, ele avalia o nível de atenção do motorista pela movimentação do carro dentro da faixa de rodagem. Se o veículo sair da faixa com certa frequência, o sistema interpreta que ele está com fadiga e recomenda uma parada para descanso por um alerta no painel, mostrando a imagem de uma xícara de café, acompanhada de um aviso sonoro. É fato que todo mundo quer chegar em casa logo, mas uma xícara de café pode ser um bom lembrete de que a melhor maneira de chegar é com segurança.

Nesse caso, é possível usar também o comando de voz do sistema de conectividade SYNC 3 – disponível no Focus e Fusion - e escolher um lugar para tomar café ou fazer uma pausa para descansar. O sistema, criado há quase uma década, continua sendo aprimorado e basta dizer “preciso de um café” para que o recurso relacione as cafeterias próximas e guie o motorista para a que ele escolher. Outra opção é dizer “quero parar” e o SYNC 3 dará sugestões de cafeterias, padarias e até supermercados.

Sair da faixa de rodagem sem acionar o pisca também pode significar cansaço ou distração e o sistema de permanência em faixa, disponível no Fusion e no Edge, identifica a manobra como não intencional e gera um alerta produzindo uma vibração no volante. Se ele não responder ao alerta, o recurso atuará na direção para corrigir a trajetória e manter o veículo na faixa (veja como funciona aqui).

Outra tecnologia importante é o sistema de alerta de colisão com assistência de frenagem, oferecido também no Fusion e no Edge, que funciona por meio de radar e câmera em velocidades até 50 km/h. Ele dispara um alerta sonoro e visual ao detectar a possibilidade de colisão com um veículo à frente ao mesmo tempo em que pré-carrega os freios para uma resposta mais rápida. Se o motorista não realizar nenhuma ação, o veículo pode desacelerar e parar automaticamente. Já o sistema de detecção de pedestres oferecido no Fusion opera de modo semelhante, rastreando por radar e câmera a movimentação de pessoas à frente do veículo em velocidades de 3,6 km/h a 80 km/h.

O piloto automático adaptativo com “stop and go”, disponível no Fusion, é outra tecnologia semiautônoma que aumenta a segurança. Além de manter a velocidade programada do veículo, ele permite selecionar uma distância segura do carro à frente e, se o trânsito parar, é capaz de frear totalmente.

Ter atenção ao volante é essencial para garantir a segurança no trânsito. Dirigir com sono ou cansado é muito perigoso e pode causar acidentes. Mas isso é mais comum do que imaginamos. Na Europa, por exemplo, pesquisas mostram que uma em cada três pessoas dormem menos do que deveriam. Isso pode acontecer, por exemplo, com casais que têm bebês ou filhos pequenos. Ao volante, a sonolência após uma noite mal dormida pode reduzir a concentração e deixar as reações mais lentas, comparáveis às de um motorista que ingeriu bebida alcoólica. O cansaço também é a causa de um em cada cinco acidentes naquele continente, onde uma em cada cinco pessoas admite já ter adormecido ao dirigir. Para evitar esse tipo de risco, a Ford oferece um recurso que alerta o motorista se ele apresentar sinais de sonolência ou cansaço. É o sistema de alerta de fadiga (veja aqui). Disponível no Fusion e no Edge, ele monitora o comportamento do veículo para detectar se o condutor está distraído ou cochilando. Com o auxílio de câmeras, ele avalia o nível de atenção do motorista pela movimentação do carro dentro da faixa de rodagem. Se o veículo sair da faixa com certa frequência, o sistema interpreta que ele está com fadiga e recomenda uma parada para descanso por um alerta no painel, mostrando a imagem de uma xícara de café, acompanhada de um aviso sonoro. É fato que todo mundo quer chegar em casa logo, mas uma xícara de café pode ser um bom lembrete de que a melhor maneira de chegar é com segurança. Nesse caso, é possível usar também o comando de voz do sistema de conectividade SYNC 3 – disponível no Focus e Fusion - e escolher um lugar para tomar café ou fazer uma pausa para descansar. O sistema, criado há quase uma década, continua sendo aprimorado e basta dizer “preciso de um café” para que o recurso relacione as cafeterias próximas e guie o motorista para a que ele escolher. Outra opção é dizer “quero parar” e o SYNC 3 dará sugestões de cafeterias, padarias e até supermercados. Sair da faixa de rodagem sem acionar o pisca também pode significar cansaço ou distração e o sistema de permanência em faixa, disponível no Fusion e no Edge, identifica a manobra como não intencional e gera um alerta produzindo uma vibração no volante. Se ele não responder ao alerta, o recurso atuará na direção para corrigir a trajetória e manter o veículo na faixa (veja como funciona aqui). Outra tecnologia importante é o sistema de alerta de colisão com assistência de frenagem, oferecido também no Fusion e no Edge, que funciona por meio de radar e câmera em velocidades até 50 km/h. Ele dispara um alerta sonoro e visual ao detectar a possibilidade de colisão com um veículo à frente ao mesmo tempo em que pré-carrega os freios para uma resposta mais rápida. Se o motorista não realizar nenhuma ação, o veículo pode desacelerar e parar automaticamente. Já o sistema de detecção de pedestres oferecido no Fusion opera de modo semelhante, rastreando por radar e câmera a movimentação de pessoas à frente do veículo em velocidades de 3,6 km/h a 80 km/h. O piloto automático adaptativo com “stop and go”, disponível no Fusion, é outra tecnologia semiautônoma que aumenta a segurança. Além de manter a velocidade programada do veículo, ele permite selecionar uma distância segura do carro à frente e, se o trânsito parar, é capaz de frear totalmente.

Publicado originalmente em: Ford Media

Comentar 432 Visualização(ões)

Ford lança New Fiesta em versão automática com preço de R$ 55.990

publicado em 19/06/2017

A Ford lançou uma nova versão do New Fiesta 1.6 com câmbio automático, da série SE Plus AT, que oferece uma das melhores relações de preço no segmento premium. É oferecida por R$ 55.990 e destaca-se por ter incorporada neste valor a lista mais completa de equipamentos da categoria.

O modelo é o único na sua faixa a ter, por exemplo, controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, chave de segurança My Key e alarme volumétrico. O objetivo do New Fiesta SE Plus é criar uma opção acessível entre os veículos com motorização 1.6 e câmbio automático.

Um grande diferencial do modelo no mercado é combinar design, agilidade, tecnologia e potência. Além de direção elétrica, ar-condicionado e trio elétrico, o novo catálogo traz computador de bordo, banco traseiro bipartido, cintos de segurança de três pontos para todos os passageiros e sistema Isofix para cadeiras infantis.  

O sistema de conectividade é da geração SYNC da marca, que inclui CD/MP3 player, comandos de voz para áudio e telefone, conexão Bluetooth, USB e entrada auxiliar, sistema AppLink para acesso a aplicativos de smartphones e assistência de emergência em caso de acidentes.

“O New Fiesta SE Plus foi criado para ser a compra mais inteligente da categoria. Um carro bonito, com câmbio automático, sem ter que pagar mais. Por isso, oferecemos equipamentos da linha premium que favorecem a dirigibilidade, o conforto e a conveniência, com itens não encontrados em concorrentes mais caros”, diz Fernando Pfeiffer, gerente de Produto da Ford.

Fonte: Ford Media

 

Comentar 533 Visualização(ões)

Ford anuncia o início da pré-venda do novo Ford Ecosport no Brasil

publicado em 13/06/2017

A Ford revelou hoje o cronograma de lançamento do Novo EcoSport, depois de apresentar o veículo pela primeira vez na América do Sul, no evento prévio do Salão de Buenos Aires realizado ontem à noite. Executivos da marca anunciaram que o utilitário esportivo terá a pré-venda iniciada no fim de julho, com entrega das primeiras unidades em meados de agosto.

Foi confirmado que a nova linha terá duas opções de motores flex: o 2.0 e o inédito 1.5 de três cilindros, com 137 cv, que substituirá o atual 1.6. As duas motorizações devem chegar simultaneamente ao mercado, trazendo várias novidades no design, acabamento e equipamentos.

O Brasil, que teve papel de liderança no design e engenharia do modelo, será o primeiro mercado mundial a lançar o Novo EcoSport, seguido pela Argentina, Peru, Chile e Colômbia ao longo do ano.

“O Novo EcoSport vai oferecer os preços mais competitivos entre os SUVs de nova geração, tanto nas versões de entrada como nas mais equipadas”, destacou Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

Segundo ele, o mercado começou a dar os primeiros sinais de retomada e a expectativa é de melhoria no segundo semestre. “Em maio a indústria cresceu 25% comparado a abril e a Ford teve como destaques o EcoSport e o Ka, este como vice-líder geral do mercado. Ambos tiveram um crescimento de mais de 40% e são um exemplo da competitividade da nossa linha nos principais segmentos do mercado. A chegada do Novo EcoSport aumenta a nossa confiança em um bom desempenho da marca no ano.”

Carro que iniciou a tendência dos utilitários esportivos compactos, o EcoSport foi totalmente renovado para mudar novamente o padrão do segmento. Além de nova frente, capô, faróis e rodas de 17 polegadas, traz um nível superior de acabamento interno e tecnologia com foco no desempenho e qualidade. 

 

Comentar 490 Visualização(ões)

Duvel noYoutube

Acompanhe e fique ligado no canal da Duvel no YouTube.

Ford CVP

Qualidade, Compromisso e Participação. Sua opinião é muito importante para a melhoria contínua de nossos produtos e serviços.

Mais informações

Agende sua revisão

Nossas oficinas possuem modernos equipamentos e profissionais capacitados. Agende agora sua revisão por e-mail ou pelo telefone (98) 2108-3000.

Mais informações